Books

PAULUZ
BODMER

SEMENTES
DE SABEDORIA

COLEÇÃO DE
PENSAMENTOS

1960

PREFÁCIO

Conheci o autor quando rabiscava as folhas brancas dos cadernos como qualquer artista que ensaia a sua obra, onde os sonhos da juventude enchiam as horas mornas do suceder dos dias e das noites. Lembro-me quando anunciou o término do livro Pombas Brancas, com pensamentos de amor e, logo em seguida, “Pirilampos”, mais voltado para a vida em volta. Estávamos em 1960...

Depois, uma grande distância de tudo e da poesia. Passaram-se muitos anos para o reencontrar definitivo. Alegro-me em ver, agora, o autor debruçado em rever, reformular, pódar os pensamentos da juventude, reunindo sua produção de então neste “Sementes de Sabedoria”, para transmitir a singeleza dos sentimentos purificados pelo sofrimento, pela dor, pelo labor da vida, que não conseguiram desviar o meu grande amigo do seu caminho de poeta.

Espero que muitos outros pensamentos e mensagens surjam ao lado destes que conheci há mais de vinte anos, para ajudar-nos a aprender o significado de nossa própria vida.

ECB, Maio de 1980


Ergue-te semeador, é hora de começares a tarefa, é tempo de semear...

Constancio C. Vigil

 

Há mais espíritos do que terras para cultivar ...

La Bruyère

MENSAGEM

Aqui há sementes em abundância. Apanhe as que quiseres e escolhe onde plantá-las: se no teu coração ou na tua mente. E quando os grãos se transformarem em árvores frutíferas, colhe os frutos e reparte-os com teus irmãos.

Pauluz

1. A vida é uma poesia, mas nem todos são poetas...

2. A maioria está perdida, não de amor, mas de rumo...

3. As flores artificiais iludem a ti e não a primavera.


4. Amar ou ser amado: eis um problema de amor e não de escolha.

5. Escuta o meu canto andorinha e leva-o para os povos do outro lado do mar...

6. O canibal devorou as suas próprias entranhas...

7. Uma luz brilhando na escuridão: um alvo fácil para as trevas...

8. Ó passarinho, a tristeza do teu canto é a alegria do meu coração...

9. As gotas de chuva deixaram de ser nuvens no céu...

10. Cordeiro não vira lôbo, mas lôbo se disfarça de cordeiro...

11. O tempo segue o seu caminho , mesmo estando parado os relógios...

12. Será que o oásis gostaria de ser um deserto?

13. Os irresponsáveis, um dia, talvez sejam responsáveis pelos seus erros...

14. O amor aparece e desaparece...

15. Desperta natureza, já raiou o dia. Vamos ouvir o canto dos passarinhos...


16. O ser humano saiu em busca de outro ser humano.

17. Subia as escadas pensando que estava galgando os degraus da vida...

18. A flor dos pantanos é tão linda como a dos bosques...

19. Se o consciente compreende o coração perdoa...

20. A beleza do jardim está no teu coração e não nas mãos do jardineiro...

21. Pedes-me para esquecer-te ? Oh, pedes tanto !

22. De que música estranha o meu coração marca o compasso ?

23. Esses de outono, quando nascem os frutos dos meus pensamentos...

24. Para te ver livre dos outros cuida de libertar a ti mesmo.

25. Julgou a si mesmo, mas não pronunciou a sentença...

26. Dizem que a riqueza não traz felicidade. A pobreza muito menos...

27. Pensamentos de amor, constantes pensamentos...


28. A boneca da garotinha era mais linda do que ela...

29. Amor: tem gente que ama mais as coisas do que as pessoas.

30. O barulho gostaria de ser um silêncio profundo...

31. Foi sempre um homem justo, mas nunca conseguiu ser humano...

32. Na solidão do poeta apareceu uma voz: seu coração triste sorriu...

33. Mais vale um amor do que duas amizades...

34. A árvore de Natal não dá flores nem frutos...

35. Viveu sozinho e abandonado até o dia em que fez da solidão a sua companheira.

36. Dizia-me o poeta: primeiro vem a tristeza, depois o verso...

37. Flor do mato, cheirosa, tu tens o mesmo perfume, que a minha amada !

38. Inocência, que pureza é esta, que nunca provou o amor?

39. A vida está cheia de atores anônimos, que tem medo de assumir os seus papéis...


40. Para os bichos, o mais difícil é inventar uma mentira...

41. Caiu de cabeça no labirinto de suas contradições: começou a pensar...

42. Olhe as pessoas por dentro e verás melhor as cicatrizes...

43. Uns se guiam pelo caminho da vida. Outros se perdem...

44. Que adianta tuas belas palavras se não transmitem uma mensagem de esperança ?

45. Estrelas, pontos de luz no espaço. Lua, ponto de amor !

46. A borboleta, da flor, leva o amor e não os espinhos...

47. Para encurtar a distância dos caminhos, caminha com o teu amor...

48. Há palavras que ferem mais que a ponta dos punhais...

49. Pirilampos, vos sois como os pensamentos, sempre a luzir na escuridão !

50. A chaga do meu coração não tem cura porque foi ferida de amor.

51. Eu vi o dinheiro comprar o que não nasceu para ser vendido.


52. Milhões de estrelas brilham no espaço e nenhuma ilumina o meu caminho...

53. Antes de abrir a porta da tua casa, abra as janelas do teu coração...

54. A mentira é um caminho cheio de buracos. Quantos há, que neles caem ?

55. Lua perdida, sem rumo, eu sei que caminhas para o céu...

56. Diga palavras de ternura para corações feridos de amor...

57. O dinheiro se comporta como se tudo fosse mercadoria...

58. Acumulando ilusões, tornou-se proprietário do vazio...

59. Completou mais um ano, mas se guia procurando a filosofia de vida...

60. Despejei a mulher que morava no meu coração...

61. Contempla as estrelas, mas guia-te
pela tua lampada.

62. Disse o homem à sua amada: o amor é apenas um pedaço da fe licidade...

63. Se não podes orientar-te, po des perder-te...


64. Infelizes dos que acreditam , pois eles serão enganados...

65. As flores são lindas no jardim e não em tuas mãos...

66. Motivo do enfarte: um sonho no coração...

67. Os peixes caem nas redes; os homens nas armadilhas...

68. Muitos esperam pelo outono: uns para dar frutos, outros para arrancá-los...

69. A felicidade passou e ninguém segurou...

70. O rio, como uma palavra de amor, vai penetrando no mar até atingir-lhe as entranhas...

71. O meu silêncio faz uma pergunta. O teu silêncio responde...

72. E se um pouco do meu amor bastava-a, com que direito eu que ria o dela todo?

73. Despertar para a vida: a maio ria não desperta nunca...

74. Felicidade, palavra louca, um dia saistes de minha boca: pa ra onde fostes?

75. O fogo se vangloria de ser per cebido na escuridão...


76. Pássaros cativos, eu tenho cativo o coração...

77. Não conhecia a solidão: estava sempre cercado de preconceitos.

78. Há muitos interesses fantasiados de amizade e de amor...

79. Vi mais trevas no coração do homem do que na escuridão...

80. Dizem que a morte liberta , mas a maioria prefere continuar prisioneira da vida...

81. Os bêbados fizeram do bar o seu templo venerado...

82. A lua pensa que é maior do que as estrelas...

83. O maior baile de carnaval é o vai-vém da vida real...

84. A pureza da flor ficou nos pés da borboleta que a tocou.

85. Maldita sombra que me acompanha, vá-se embora! Hoje quero estar só...

86. A mentira gostaria de ser verdade...

87. A musa sorriu quando o poeta lhe disse: vem inspirar o meu canto...


88. O machado cortou a árvore; a árvore caiu e matou a flor...

89. A felicidade que nós temos é apenas sombra da felicidade que queremos...

90. A onda, que invade a praia , tenta, em vão, fugir do mar.

91. Sentimento, comprado com dinheiro, só de fingimento...

92. Quanto maior o teu sonho, menor a tua realidade.

93. Para comemorar a chegada da primavera basta uma flor...

94. O poeta fala de estrelas; as pessoas é que sonham com elas...

95. A felicidade perguntou ao meu coração se ele era feliz: meu coração sorriu...

96. Se a primavera te traz flores, leve-as para os outros...

97. Vem querida, vamos sentar no banco da praça e trocar juras de amor...

98. A musa gostaria de ser poeta.

99. No testamento do poeta ele só havia deixado a lira. E a musa, para quem fica?


100. Os olhos não vêem tão longe como o pensamento...

101. Gritei ao eco “eu te amo” E ele responde: “eu te amo”, “te amo”, “amo”

102. A lua disputa com as nuvens o domínio do céu...

103. Quem se vende não vale nada; assim, por qualquer tostão, está mais do que bem pago...

104. Musa, mulher misteriosa!

105. A mais longa estrada da vida é aquela que se perde dentro de nós mesmos...

106 . A melhor arma do homem é a razão; muitos pensam que é a arma...

107. As primeiras nuvens no céu, as últimas estrelas...

108. O poeta saiu em busca do amor e encontrou no chão uma poesia largada...

109. A brisa acariciou os cabelos da namorada abandonada...

110. Hoje ela chora de saudade aquele tempo em que ria da felicidade...

111. Vive no coração uma razão que o consciente chama de amor...


112. Corações em liberdade venham ficar prisioneiros!

113. A maioria está perdida, não de amor, mas de rumo...

114. Alegria e felicidade podem ser de qualquer qualidade...

115. Se te assustas com a tua própria sombra procuras a luz da razão...

116. Ó musa, a música me inspira mais que tu!

117. Não são os lugares que eu amo, mas as pessoas que estão nestes lugares...

118. Eu descobri um novo mundo quando comecei a olhar para fora de mim mesmo...

119. A música invade o meu coração de alegria!

120. Quem dá a mão e recebe o coração, se desse o coração receberia o corpo inteiro...

121. O coração da namorada tem a forma de um livro de poesias escrito por um poeta bêbado.

122. Saiba até onde vão os teus sonhos e dormirás tranqüilo...

123. Na alegria conheci o efêmero; na tristeza o profundo e duradouro ...


124. Da flor, o poeta rouba a poesia, a mulher o perfume e a abelha o amor..

125. Prefiro as musas humanas, que me inspiram e me amam...

126. Ó coração, que é feito das alegrias, que viviam nas tuas entranhas ?

127. A paz e a guerra, a musa bendita e a musa maldita...

128. A natureza despreza as filosofias e as crenças...

129. Tinha o cigarro aceso na boca mas queria queimar o coração.

130. Poesia inacabada, sedenta de amor, a musa que te inspira já me pertenceu...

131. Procura a luz dentro de ti mesmo e não no céu estrelado.

132. Sinto o toque de tuas mãos como as folhas das palmeiras sentem a carícia dos ventos...

133. Há sorrisos que, ao invés de alegrias escondem tristezas...

134. Todos têm um coração, mas poucos são os que amam.

135. E um dia a vida transformou os meus sentimentos em pensamentos...


136. Amor e céu para crentes foram feitos...

137. O sino da catedral anunciou o ano Novo e o meu coração se encheu de velhas recordações.

138. A miséria do pobre pede pão. A miséria humana responde não.

139. As folhas caem dos galhos pa ra forras as sombras das árvores.

140. O fogo encostou-se na palha e esta ardeu de amor...

141. A mentira é um mito que anda atrás de crentes e paga bem aos seus pregadores...

142. A folha se desgarrou da árvore e caiu no meu quarto quebrando o silêncio...

143. Foi na mediocridade que ele encontrou paz de espírito...

144. Dedilhei as cordas da lira e elas arrebentaram num ba que surdo de dor...

145. Estátua, os vermes do cemitério devoraram a tua mente...

146. Abra a janela do teu coração para que os outros te vejam e para que vejas os outros...

147. Palavra de amor não é esmola para quem tem fome...


148. Sonhar para viver, eis a realidade de muitos ...

149. No parque, um casal já farto de gozos vai embora quebrando o silêncio...

150. O amor? Ah, o amor eu não sei o que é .....

151. Um segredo é tão valioso como um tesouro...

152. Embarca na realidade da vida e não no sonho da fantasia...

153. Não é só dando flor que se garante o amor...

154. Com flores, devia-se enfeitar a vida e não a morte...

155. Palavras, mercadoria sem valor, que alguns vendem por bom preço...

156. Partilha: o direito para uns, os deveres para outros...

157. É a vida que me arrasta ou sou eu quem arrasta a vida?

158. A filosofia da vida coordena o que a vida sem filosofia mistura e confunde.

159. Muitos vieram ao mundo por vir assim como se vão por ir...


160. As estrelas brilham para lembrar que a noite não é uma treva...

161. O amor despreza a sabedoria.

162. Voa, meu pensamento, até a aurora, e volve a mim carregado de luz !

163. Outrora eu era feliz, mas não sabia...

164. Ó coração, as pessoas já não acreditam nas tuas falas de amor...

165. Chorava, de alegria, uma criancinha!

166. Ó poeta, é gozando a tua dor que a musa te inspira o verso.

167. Saudade é força de expressão; o que existe mesmo é um resto de amor no coração...

168. Saberás quem te amou quando souberes que amas...

169. Ó sol da primavera, invade o jardim de flores e o meu coração de amores...

170. Troco o meu amor pelo teu...

171. Quis fazer do seu mundo uma estrela, mas não havia brilho no seu coração ...


172. No coração das pessoas há uma canção, que muitos não sabem cantá-la...

173. Procurava por mim mesmo, mas acabei encontrando você...

174. O outono, com seus frutos, encanta a ti e não ao inverno, que se aproxima...

175. O sorriso dos meus lábios debocha da tristeza do meu coração...

176. Restou uma lágrima daquele grande amor...

177. Muitos passaram a vida inteira procurando o ser humano e não o encontraram...

178. O violino é um instrumento que foi feito para chorar...

179. E a vida segue girando e passando do por cima de muita gente...

180. Saber amar não é amor, mas sabedoria ...

181. O carnaval liberta muita gente da vida real, mas como todo sonho termina ao amanhecer...

182. Não adianta flor, é em vão, um dia serás fruto...

183. A praia não tem a grandeza do mar, mas são as ondas do mar, que se arrastam na areia...


184. A uva pensa que foi a videira que inventou o vinho...

185. Cada coisa chora como sabe: os olhos com lágrimas, a boca com sorrisos...

186. A maioria dos amores começa e termina em plena primavera...

187. Como é fácil prometer os céus para os que vivem no inferno.

188. Chorou a noite inteira esperando a jangada do seu amor, que não voltou...

189. Quem hoje diz talvez amanhã poderá dizer sim ou não...

190. Dizia o filósofo: já não sigo nenhuma filosofia...

191. Rico de esperança é o pobre de amor...

192. Sou grato aos ventos, que levam meus pensamentos...

193. O campo está florido, mas é no coração do homem que está a semente...

194. Cuida para que o teu primeiro passo seja dado longe do abismo!

195. Pensamentos perdidos ou lembranças das coisas que tivemos e as perdemos ?


196. A ambição caminha para o infinito...

197. Os idiotas não vão tão longe como aqueles, que se fazem de idiotas...

198. Minhas mãos ainda querem te acariciar...

199. Quem bate palmas à tua porta não está te aplaudindo...

200. Tenho a impressão que a poesia é filha da melancolia...

201. Quando amanhece, o meu amor está molhado de orvalho...

202. A árvore disse para a folha: a tua liberdade depende dos ventos...

203. Poesia: vim ao mundo para dizer que te amo; está finda a minha peregrinação...

204. A autopsia revelou, que no coração da flor havia um espinho.

205. O artista vive para a sua arte como o amante para o seu amor...

206. Não confunda a lâmpada da estrada com a do teu caminho!

207. Por mais barulhento que seja o homem a sua sombra caminha sempre em silêncio...


208. Enquanto houver razão e coração haverá equilíbrio...

209. A maioria dos que se aproximam espera encontrar alguma coisa...

210. Liberdade, de preferência da melhor qualidade...

211. A minha amada, nos momentos de amor, é uma canção em de lírio...

212. Enquanto os poetas cantam o amor, outros o gozam...

213. A luz, que a lua verte com poupança, amanhã o sol a dará com abundância...

214. O caminho, cheio de pedras, leva ao jardim das flores...

215. Oh! A música veio quebrar o meu silêncio; meu coração triste sorri...

216. Era um amor tão puro que morreu sem deixar cicatrizes...

217. Vivem de esperanças aqueles que não podem viver de bonanças...

218. Queria encontrar um novo mundo, mas não sabia manejar o leme da vida...

219. A razão disse ao coração: tenha juízo !


220. Tropeçou nos próprios sonhos, e ainda assim não caiu na realidade...

221. Aproxima o amor da razão para ouvir uma explosão...

222. Ao tolo parece insignificante a estrela brilhando no firmamento

223. Felicidade, peregrina errante, eu te ofereço o meu coração para morares...

224. Enquanto uns morrem de amor, outros vivem...

225. Lá vai a jangada cruzando os ma res. Segue feliz porque em cada porto tem um novo amor...

226. Dizia o pintor: eu sinto, eu vejo a vida na solidão...

227. Folhas desgarradas não mais voltam às árvores. Corações separados também...

228. Deu o passo decisivo de sua vida à beira do abismo...

229. Quem ama não entende o que se entende quando não se ama...

230. Uns pensam como seres humanos, outros como homens...

231. Sorriram, e de mãos dadas seguiram pela estrada da vida...


232. A saudade perguntou ao amor: quando voltas? O amor não respondeu...

233. Meu pensamento vôa em busca de novos pensamentos...

234. O que é verdade aqui não precisa ser verdade ali e muito menos acolá...

235. E tudo passa na vida até o dia em que a vida passa...

236. A felicidade está tão perto e nós, quase sempre, não a encontramos...

237. O vento traz o sussurro dos namorados escondidos...

238. Caminhe sempre procurando novos caminhos...

239. Ô estrelas taciturnas, sedentas de amor, vem iluminar os meus pensamentos...

240. Não estou só: tenho, pelo menos, para quem escrever...

241. A ciência não pode explicar o que a poesia pode...

242. Se tuas amizades são compradas, os teus amigos, um dia, te venderão...

243. Na estrada da vida há mais armadilhas do que buracos...


244. Amor a primeira vista: amor de quem não enxerga muito bem.

245. Nos momentos de amor se promete tudo; depois a gente vai esquecendo o que prometeu...

246. Quem caminha em linha reta encurta o caminho da vida...

247. Para embalar o teu sono cantarei uma linda canção: eu te amo, te amo, amo...

248. Aquela amizade agora é amor...

249. Foi anoitecendo e o barquinho com velas brancas foi sumindo no horizonte...

250.Quem tem fome de amor não pede esmolas...

251. Em termos de verdade, o que existe é a verdade dos fortes contra a verdade dos fracos...

252. A adulação e a vaidade caminham juntas, mas não se amam....

253. Quem tem paixão no coração, na consciência não tem razão...

254. O vento sopra no bambuzal, que o transforma em melodia...

255. Guia-te pela tua luz e não pela tua sombra...


256. A flor, que murcha na tua mão, não desabrocha no teu coração.

257. A ternura é uma essência que emana do coração como das cordas de um violino emana uma canção.

258. E a neve vai escondendo os caminhos, que levam ao parque...

259. O provérbio diz que o coração tem razões; a razão, entretanto, não tem coração...

260. Pensava que era ateu, pois não acreditava nem em si mesmo.

261. A sorte não bate palmas à tua porta; por isso deves procurá-la na casa dela...

262. Sentia-se infeliz porque só tinha um único amor: o próprio...

263. A maioria das filosofias que conheci se resume num canhão.

264. Se o não significasse sim, a minha vida teria sido toda ao contrário...

265. A tua aparência, antes de enganar aos outros, engana a ti mesmo...

266. Se há pureza nos sentimentos, há amor nos pensamentos...

267. As nuvens de chuva divertiam-se no céu noturno brincando de esconder estrelas...


268. Pensamentos forjados pela vida são rijos como o aço...

269. O amor é a mola mestra do coração: muitos a tem enferrujada.

270. Criou o seu próprio mundo, mas foi viver no mundo dos outros.

271. Felizes aqueles cujas palavras e pensamentos caminham na mesma direção...

272. Do céu, como das pessoas, espera tudo, até a tempestade...

273. Se tocares a sombra do homem ele não sentirá o teu carinho.

274. Propriedade particular: sou teu ou és minha?

275. Perdi o entardecer. Não pude despedir-me do sol, que brilhou o dia inteiro...

276. Se o meu caminho cruzar o teu, sigamos juntos...

277. A realidade não tem culpa se os teus sonhos não se transformam em realidade....

278. Cai a noite e a lua mergulha no mundo dos sonhadores!

279. O vento, que sopra os teus cabelos, não é o mesmo que leva os teus pensamentos...


280. Não faço questão de companhia, disse o dinheiro: ando com qualquer um...

281. Felizes os que têm muitas mãos querendo tocar as suas...

282. O segredo, que você guardou nas ondas do mar, amanheceu na praia...

283. Procura estar contente contigo mesmo: esta é a maior de todas as alegrias...

284. A vida foi passando e deixando cicatrizes...

285. Prefere aquele que te diz alguma coisa do que muitos que não te dizem nada...

286. Quem procura a si mesmo pode até não se encontrar...

287. A vaidade ri e debocha daqueles que a levam no coração...

288. O poeta chegou a conclusão que a musa é sua imaginação...

289. Qualidade tem muito mais valor que quantidade, mas as pessoas guiam-se pelos preços...

290. Ouvi a tua voz na melodia dos ventos...

291. Pombas brancas, peregrinas, vosso vôo é de paz e de poesia.


292. Não importa o que dizes, mas o que os outros ouvem!

293. Para saber o que é o amor, ame alguém e não a si mesmo!

294. As pessoas falam da vida alheia para esquecer da sua...

295. Pirilampo, que apaga e acende na escuridão, o amor apaga e acende no meu coração...

296. A inteligência inventou a ignorância...

297. O despertar: muitos não despertam dos seus sonhos de grandeza...

298. O mais importante são as raízes, mas as pessoas só vêem as flores...

299. O tempo é como o vento frio que passa jogando neve nos teus cabelos...

300.Terra, mãe generosa, eu sou o teu filho ingrato, o homem; acolhe-me no teu coração! ...

       

[Sementes]