O Acervo Escultórico do Rio de Janeiro

A admiração e o reconhecimento de grandes homens e mulheres, junto aos acontecimentos que marcaram diversos povos, vem sendo acompanhados ao longo da história através de inúmeros tipos de registros, entretanto, nada é mais marcante e significativo quanto à utilização de monumentos para se contar a história.
Esse meio de registro, amplamente espalhado e utilizado por todos os povos, possui um valor significativo que vai muito além de uma mera lembrança, na verdade, são poucos os artefatos que conseguem misturar arte, história e cultura local de forma tão eficiente.
Contudo, o que percebemos hoje em dia, é um verdadeiro descaso com esse tipo de história. Inúmeras estátuas e bustos passam desapercebidos pelos olhos da sociedade. O que antes fora a representação artística de um grande marco ou homenagem, atualmente não passa de objeto de depredação e indiferença por falta de informação ou mesmo por displicência.
Este trabalho focalizou a cidade do Rio de Janeiro e mostrou alguns dos seus monumentos erguidos até os dias atuais, retomando a cultura de preservação e de apreciação dos monumentos e recontando a história e a arte de nossa cultura.
O acervo escultórico levantado possui diversos personagens, muitos responsáveis por grandes mudanças políticas, econômicas e culturais de nosso país. Foram levantadas também homenagens a ícones de heroísmo e de empreendedorismo que impulsionaram a sociedade, ao longo do tempo, a novos paradigmas, que contribuíram, como um todo, para o avanço da nação.
A pesquisa destacou a importância e a influência que cada homenageado obteve perante a sociedade. Portanto, a organização das informações se baseou na descrição e caracterização do respectivo monumento, seguido do histórico do personagem ou dos personagens ligados a ele. Esta arrumação buscou, primeiro situar o leitor no tempo e esclarecer a razão daquele monumento para, posteriormente, se aprofundar fatos interessantes relacionados a história da figura representada, atiçando o público para algumas curiosidades pessoais dos homenageados como obras, cartas, poemas ou menções de livros e frases que marcaram nas vidas.
Todas as figuras, assim como os materiais históricos, foram obtidos através da internet, de pesquisas em acervos de bibliotecas, da Divisão de Monumentos e Chafarizes da Prefeitura da cidade e de mata borrões da coleção do Prof. Paulo Bodmer.
O objetivo deste trabalho visou buscar e resgatar no leitor o interesse púbico estimulando o conhecimento de todo patrimônio cultural.

Fontes:
CARLOS SARTHOU - AS ESTÁTUAS DO RIO DE JANEIRO, LEO EDITORES, RJ
MONUMENTOS DA CIDADE – REPORTAGEM PUBLICADA PELO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, 1946, RJ
http://pt.wikipedia.org




Introdução

O Rio de Janeiro é a cidade com o maior número de bustos, monumentos e estátuas do Brasil. São cerca de 640 ao todo, espalhados por toda a cidade. Neles são representados diversos tipos de personagens que constituíram, cada uma ao seu modo, a história do país.
A história dos monumentos no Rio de Janeiro iniciou-se no século XVII, nos primórdios da ocupação da cidade. Os primeiros monumentos construídos foram chafarizes, que serviam para abastecer a população. Logo depois, veio a idéia de homenagear diversos tipos de personalidades, entre elas artistas, cantores, compositores, políticos, militares e tantos outros.
O cadastramento do acervo escultórico da cidade do Rio de Janeiro vem sendo realizado ao longo dos últimos anos, estando atualmente na fase de compilação dos dados. Os monumentos estão fichados por praças, parques, largos, jardins e ruas onde estão situados e está sendo levantada data de inauguração, autoria, iniciativa da construção, descrição das obras e, nos principais monumentos, fatos que envolveram a sua confecção e inauguração.
Essa pesquisa destaca a importância e a influência que cada homenageado obteve perante a sociedade. Tendo em vista, como organização do trabalho, a descrição e caracterização do respectivo monumento, seguido do histórico do personagem ou dos personagens ligados a ele. Esta arrumação busca, primeiro ingressar o leitor na cronologia dos fatos e esclarecer o porquê da construção do monumento para, posteriormente, se aprofundar nos acontecimentos importantes relacionados a história da figura representada, despertando o público para algumas curiosidades pessoais dos homenageados como obras, cartas, poemas ou menções de livros e frases que marcaram nas vidas.
O objetivo deste trabalho visa, além de reconhecer e preservar a importância destes personagens para a história do Brasil, buscar e resgatar no leitor o interesse púbico estimulando o conhecimento de todo patrimônio cultural. Afinal, quando se trata de uma homenagem, está sendo pesquisada também, a história da vida da personalidade. E, portanto, instigando a cada indivíduo a procura pela cultura e pela história nacional.


Grupo

Arlene Lucia Matil
Maitê Garcia Cruz Ribeiro (responsável)
Maurício Mello Paludo
Priscila da Costa Fernandes



[Esculturas]