CAP ARCONA (1927-1945) - 27,561 tons

COL: GIA

14.05.1927 - Lançado ao mar pelo estaleiro BLOHM & VOSS - Hamburgo para a Hamburg Süd na linha da América do Sul.

19.11.1927 - Viagem inaugural de Hamburgo a Buenos Aires com escalas em Lisboa, Rio de Janeiro, Santos e Montevideo.

         Maior e mais luxuoso navio de passageiros alemão na linha da América do Sul na sua época. Foi dotado de uma quadra de tênis em seu convés superior, além da preocupação com o máximo de conforto e segurança para seus passageiros. Suas áreas públicas, sala de fumar, salão de jantar, jardim de inverno se tornaram muito populares.
         Na viagem inaugural gastou 12 dias entre Hamburgo e o Rio de Janeiro. Posteriormente em 1932 ganhou novo record fazendo o trecho Rio de Janeiro - Plymouth em 11 dias a uma velocidade de 20 nós.
         De 1940 a 1945 foi utilizado pela Marinha Alemã como navio de apoio em vários portos do Báltico. Entre março e abril de 1945 foi utilizado na remoção de refugiados de Danzig quando do avanço das tropas russas. No final de abril de 1947 estava na Baía de Lubec, perto de Neustadt na costa báltica servindo como navio-prisão, com cerca de 5.000 internados políticos e prisioneiros do campo de Neuengamme a bordo. Dia 30 de maio de 1945 foi bombardeado por aviões ingleses da RAF, e afundou com milhares de prisioneiros somente a cinco dias do fim da guerra. (GIA)

[Dornier]  [Graf Zeppelin]