mapa
 
     


Wolff Hagelberg "Atlas Manual Zoologico" Aves, Ed. do Autor, Berlim 1890

EQUILÍBRIO ECOLÓGICO

        As aves, como as demais espécies animais, são extremamente importantes na manutenção do equilíbrio ecológico dos ecossistemas. Por essa razão, devem ser protegidas por todos, principalmente devido à ajuda que proporcionam ao homem no seu constante combate aos insetos daninhos.

        Geralmente, os insetos multiplicam-se numa velocidade espantosa. Poucos meses são o bastante para que uma mosca doméstica, por exemplo, produza mais de 7 bilhôes de descendentes, supondo-se que de cada fêmea apenas uma só larva atinja o estado adulto. Essa vitalidade reprodutiva dos insetos somente pode ser compensada no contexto-bio-ecológico da Terra, pelo seu controle através dos predadores naturais, dos quais destacam-se aves de vários grupos, desde espécies de tamanho diminuto, até os grandes rapineiros, utilíssimos destruidores de toda sorte de pragas, principalmente roedores e insetos maiores.

FONTE: A. C. F., Revista COFI nº 16, Maio 1978

TABLAS

21. Papagayos
22. Pájaros
23. Pájaros - Coracirostres
24. Aves de Rapiña,
Coracirostres
25. Aves de Rapiña
26. Diurnas y de rapiña
27. Aves de Rapiña - Lechuzas
28. Pájaros comunes - Cantores
29. Cantoras
30. Cantores,
Oscines
31. Cantoras - Trepadores
32. Aves Trepadoras
33. Levirostres
34. Pájaros de pico delgado,
Tenuirostres
35. Palomas
36. Rasoras
37. Aves rascadoras
38. Rasoras
39. Gallinaceas poco voladoras,
Aves brevipennes
40. Zancudas,
Grallatores
41. Aves Zancudas, Grallatores
42. Zancudas
43. Zancudas - Nadadoras
44. Aves Nadadores,
Natatores

[Pássaros]