INTRODUÇÃO

        O cartão-postal, esse meio de correspondência breve e simplificado, capaz de encurtar distâncias e aproximar pessoas separadas por fronteiras e continentes, transcende atualmente como objeto de coleção, documento iconográfico e fonte permanente de estudos de uma época, o próprio fenômeno e objetivo de sua criação.
        Para o Teatro, a Música, a Ópera, o Balé e o Cinema, o cartão-postal nos deixa em legado um extraordinário arquivo, no entanto inacabado para cada colecionador que não poupa, muitas vezes, esforços, entusiasmo e paixão para recuperar e catalogar antigos e raros exemplares para o seu acervo.
        No Brasil, por maior que realmente possa vir a ser uma coleção que englobe esses temas, o trabalho será sempre interminável, não só pela dificuldade de localizar aqui exemplares específicos, mas principalmente pela completa infrequência com que foram registrados em cartões-postais os grandes vultos de nossas artes.
        Esta exposição, intitulada "Celebridade & Mitos - O Mundo do Teatro em Antigos Cartões-Postais", apresentada na Academia Brasileira de Letras, realizada com empenho e dedicação por Yolanda Roberto e Hélio Roberto, incansáveis promotores da importância e da beleza do cartão-postal, contém parte de meu acervo e de uma longa pesquisa. Sua temática, dividida em 34 painéis, que não seguem obrigatoriamente ordem cronológica, aborda os mais significativos temas existentes na coleção e exclusivamente o período compreendido entre o final do século XIX e as três primeiras décadas do século XX.
        Além de comemorar no Brasil os 120 anos da criação do cartão-postal, a mostra busca registrar parcialmente a passagem de grandes artistas internacionais, da virada do século, em nosso país e homenagear os 80 anos do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.
        Essencialmente esperamos contribuir para exaltar a memória de numerosas personalidades - Celebridades & Mitos - que devotaram seus dias imensamente as suas inspiradas vocações, alcançando, quer pela genialidade criadora, quer pela capacidade de interpretação, ou mesmo pela predestinada beleza física, o direito a se manterem para sempre acima do esquecimento.

Marcelo Del Cima
Novembro de 1989


INTRODUCTION

        The postcard, this quick and simplified means of correspondence, capable of shortening the distances, and bringing people who are separated by frontiers and continents closer together, really transcends, as a collector's item, iconographical document and permanent source of studies of a time, the very phenomenon and objetive of its own creation.
        The postcard has left us an extraordinary record as an endowment for the Theatre, Music, Opera, Ballet and Cinema which is however, an unfinished one for every collector who often does not spare his efforts, enthusiasm and passion in order to recover and catalogue ancient an rare samples for his collection.
        In Brazil, no matter how great a collection that embodies these themes may happen to become, the work will always be endless, not only due to the difficulty in localizing specific samples, but mainly because of the total lack of frequency with which the great names of our arts were registered in postcards.
        This exhibition presented at the Brazilian Academy of Letters and intitled Celebrities and Myths - the World of the Theatre in Olden Postcards, has been accomplished through the diligence and dedication of Yolanda Roberto and Hélio Roberto, the untiring promoters of the importance and beauty of the postcard, and holds part of my collection as well as a lengthy research work. Its theme, divided throughout 34 panels that do not necessarily follow a chronological order, approaches the most significant themes presented in the collection, as well as the period comprehended between the end of the XIX th. Century and the first three decades of the XXth exclusively.
        Besides celebrating the 120 years of the creation of the postcard in Brazil, the exhibit tries to partly record the visits made to our country by the great international artists from the turn of the century, as well as to pay homage to the 80th anniversary of the Municipal Theatre of Rio de Janeiro.
        We essentialy hope to contribute to exhalt the memory of several personalities - Celebrities and Myths - who intensely devoted their days to their inspired callings and who reached, whether through their creative genius, interpretative capacities or even their predestined physical beauty, the right to remain always beyond oblivion.

Marcelo Del Cima
November, 1989


[Equipe]
 [Patrocínios] [Apresentação] [Painéis] [Teatro]
[Cultura] [Seminários] [Mapa do Site]